Capa >> Destinos >> América do Sul >> Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

Como muito de vocês sabem, o Aquário de São Paulo passou por uma grande reforma de expansão, e reabriu na semana passada com bichos provenientes de diversas partes do mundo, como Austrália, Indonésia e África. E, como estávamos em São Paulo no feriado de Tiradentes, resolvemos visitar, pela primeira vez, o Aquário de São Paulo. Obviamente, visitá-lo em um feriado dias após a sua reabertura não foi uma decisão inteligente. Ficamos quase uma hora na fila para comprar os ingressos, do lado de fora do prédio, na rua mesmo, tomando sol. Infelizmente, não compramos os ingressos através do site, o que teria nos poupado muito tempo. Além disso, esteja preparado porque o valor do ingresso não é muito barato. São R$ 60,00 por adulto, R$ 40,00 para as crianças e R$ 30,00 para a terceira idade. Às segundas feiras, o valor do ingresso é único, R$ 40,00, desde que não seja feriado ou emenda de feriado. E como e bem difícil encontrar vagas na rua, são mais R$ 30,00 de estacionamento.

Começamos o nosso passeio pela ala antiga do Aquário de São Paulo, bem apertadinha, com corredores extremamente estreitos e que não comportam o número de visitantes de um feriado. Foi quase impossível ver todos os animais e habitats com as crianças, principalmente com as pequenas. Embora abrigue muitas espécies aquáticas e de répteis, esta parte antiga definitivamente não nos surpreendeu. Me senti em um aquário qualquer, ou mesmo no Instituto Butantã, onde a gente vê os animais vivendo em habitats bem pequenos, que mais parecem um aquário. Exceto pelo tanque gigante, com mais de um milhão de litros de água salgada, com tubarões, raias e outros peixes bem bacanas. E o observatório deste tanque imita um navio naufragado. Acredito que em dias de menor movimento, seja possível às crianças brincar e se divertir bastante neste local.

Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

Há também nesta ala antiga um lago de jacarés, uma foca e um pinguinário, com algumas poucas espécies de pinguins. Nada muito especial.

Aquário de São Paulo

Mas é a ala nova do Aquário de São Paulo, com mais de 6.000 metros quadrados de área construída, que faz a visita valer a pena. A começar pela sua entrada, uma sala de embarque incrível, com uma atendente de voo digitalizada, que convida os visitantes para uma viagem pela África, Indonésia, Austrália,  Pólo Norte e Pólo Sul. Quer coisa mais legal para quem é viciado em viajar? E, embora no Brasil o mercado de entretenimento com animais não seja muito sofisticado, esta nova ala do Aquário de São Paulo ficou com cara de primeiro mundo. Aliás, toda a área da expansão ficou incrível.

Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

O primeiro “continente” que visitamos foi a África, onde encontramos uma porção de suricatos (para quem já assistiu o filme “O Rei Leão”, o suricato é o Timão) e uns macaquinhos de pelagem preta e branca chamados Macaco-colobo. Tudo muito bonitinho…

Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

Em seguida, já na ala da Indonésia, as crianças de divertiram horrores com as Flying Foxes (Raposas voadoras), que nada mais são do que morcegos, enormes e muito feios – são os maiores morcegos do mundo – e com os lêmures (voltando aos filmes infantis, o Lêmure é o Rei Julien da trilogia Madagascar). Vejam que toda a decoração de cada área é inspirada na cultura local. E tudo é muito caprichado.

Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

A ala da Austrália é uma das mais legais, já que são poucas as crianças que já tiveram contato com cangurus, wombats e coalas (dois coalas devem desembarcar em breve no Brasil para ocupar um habitat que já está preparado para eles). A estrutura desta área é tão bacana que, em cada habitat, há um painel digital com as mais diversas informações sobre os animais.

Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

Mas a grande atração do lugar são os dois ursos polares – Aurora e Peregrino – vindos da Russia e nascidos em cativeiro, que ocupam uma área climatizada de 1.500 metros quadrados, com temperatura que pode chegar a cinco graus negativos e uma enorme piscina. E, pelo que nos contaram, a fêmea já esta prenha. Ou seja, em breve teremos mais um ursinho por lá. No mesmo local há um tanque enorme onde vive o leão marinho Simão. Super simpático, ele não parava de acenar com a nadadeira para os visitantes. Pena que ele estava sozinho… Mas, nos disseram também que, nos próximos dias, ele receberá uma fêmea para lhe fazer companhia.

ursos-690x460

Ao final do passeio, o Aquário de São Paulo ainda oferece duas atrações, pagas à parte – R$ 10,00 por pessoa para cada atração. A primeira delas é o “Aquário abaixo de zero”, onde as crianças e adultos fazem um passeio bem curtinho em um trenzinho, que passa por réplicas de figuras do período da era do gelo. A atração é bem fraquinha, e não faz sequer sucesso com as crianças. Definitivamente, não vale o quanto custa. A segunda atração é um cinema 7D. Mas, diante do fiasco do “Aquário abaixo de zero”, decidimos não conhecê-lo.

No mesmo local destas duas atrações há uma grande e bonita praça de alimentação, com opções de fast food. Como as crianças não comem sanduíches, optamos pelo restaurante localizado perto da entrada do aquário. É um restaurante estilo buffet, com um arroz e feijão bem temperadinhos, alguns tipos de acompanhamentos e saladas. A qualidade da comida está bem abaixo da média, mas, ainda assim, é melhor do que comer fast food com as crianças.

Aquario 2

Aquario 4

Aquario 5

Na minha opinião, o passeio foi bem bacana já que o aquário é quase um mini zoológico. Deve ser incrível durante a semana, com o lugar praticamente vazio.

Aquário de São Paulo:
Endereço: Rua Huet Bacelar, 407, no Ipiranga
Horário de funcionamento: 9h às 18h, todos os dias.
Ingressos: R$ 60 (adulto), R$ 40 (crianças de 3 a 12 anos), R$ 30 (idosos acima de 60 anos).
Às segundas-feiras todos os visitantes pagam R$ 40.
Deficientes e menores de 3 anos não pagam.
Para mais informações visite o site do Aquário de São Paulo.

2 comentários

  1. Olá Ana Cintia!
    Foi um prazer conhecer o seu blog, com tantas fotos e informações. Já entrou para a minha listinha de favoritos … rsrsr. Mas ainda fiquei com uma dúvida: o restaurante estilo buffet, com um arroz e feijão, ao qual você se referiu, pertence ao Aquário (fica dentro dele)?
    Aguardo sua resposta. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*