Capa >> Dicas Úteis >> Lua de mel em Paris: caminhando pela cidade de luz

Lua de mel em Paris: caminhando pela cidade de luz

Todos sabem que a melhor maneira de conhecer Paris é caminhando pelas suas ruas já que a beleza da cidade está justamente nos detalhes de sua arquitetura. Por esta razão, quando estive em Paris pela primeira vez segui um roteirinho bem bacana, que me levou aos principais pontos da cidade em um único dia. Depois desta longa caminhada foi possível conhecer com mais calma os lugares que eu havia gostado mais, como museus, igrejas, galerias de arte e restaurantes.

Como qualquer mulher que se preze, comecei o meu passeio pela famosa Avenida Champs Elysees.

A minha idéia era caminhar pela avenida inteira até chegar ao Arco do Triunfo. Como todos sabem, a Avenida Champs Elysees é cheia de barzinhos, restaurants, docerias, cafés, galerias de arte e lojas famosas, como a emblemática Sephora. É o lugar perfeito para um jantar ao final da tarde.

A famosa doceria Laduree, conhecidíssima pelos seus macarrons deliciosos, está localizada na Avenida Champs Elysees com a Rua Lincoln. Diferente do que acontece em São Paulo, a loja de Paris não oferece apenas macarrons, mas uma série de doces e cafés que podem ser apreciados nas mesinhas colocadas na calçada. Ou seja, a Laduree é uma parada mais do que obrigatória.

A mega store da Louis Vuitton também vale uma paradinha (esquina da Avenida George V).

Muitas lojas, cafés bacanas e vários macarrons depois, finalmente cheguei ao Arco do Triunfo.

O Arco do Triunfo é um dos monumentos mais bonitos de Paris, construído em comemoração às vitórias militares de Napoleão Bonaparte.

E, o que poucos sabem, é que além da arquitetura maravilhosa, do museu do monumento e da chama eterna, o Arco do Triunfo reserva uma surpresa para os visitantes que gostam de contemplar as alturas: um terraço panorâmico. Situado no alto do monumento, o terraço oferece uma vista excecional de Paris, desde o Museu do Louvre até a Grande Arco da Defesa. Além disso, é um local privilegiado para admirar a organização em forma de estrela da Praça Charles de Gaulle, mais conhecida pelo antigo nome de Praça da Estrela, e as doze avenidas que circundam a praça em forma de raio.

Com exceção dos dias 01 de Janeiro, 01 de Maio, a manhã do dia 08 de Maio, a manhã do dia 14 de Julho, a manhã do dia 11 de Novembro e 25 de Dezembro, o monumento abre diariamente, nos seguintes horários: De 1 de Abril à 30 de Setembro, das 10:00 am às 11:00 pm. De 
1 de Outubro à 31 de Março das 10:00 am às 10:30 pm.

O ingresso de admissão custa 9,50 Euros. A entrada é gratuita para menores de 18 anos acompanhados pela família.

Como a minha intenção era ser surpreendida pela vista da Torre Eiffel, saindo da Praça Charles de Gaulle caminhei pela Avenida Kleber até a Praça do Trocadero (Pl. du Trocadéro). E, de fato, a esplanada do Trocadero, chamada praça da Liberdade e dos Direitos Humanos me presenteou com uma vista maravilhosa de seus jardins e da Torre Eiffel.

Além do Palais de Chaillot, que abriga três museus e um teatro – Cité de l’Architecture et du patrimoine, o Teatro Nacional de Chaillot, o Museu Nacional da Marinha e o Museu do Homem – descobri que existe um aquário subterrâneo no Trocadero. Não se trata de um aquário qualquer, mas do Aquário de Paris Cineáqua, que conta com 43 aquários e mais de 450 espécies de diferentes peixes. O valor dos ingressos varia de 12,00 a 27,00 Euros e podem ser adquiridos antecipadamente pelo site: www. cineaqua.francebillet.com.

O endereço do Aquário de Paris Cineáqua é  5, Avenue Albert de Mun, Paris.

 Atravessando a Pont d’Léna, finalmente chegamos ao destino mais esperado de Paris: a Torre Eiffel. Foi fantástico descobrir que a Torre Eiffel é ainda mais bonita do que eu imaginava.  

O único problema foi o tamanho da fila para comprar os ingressos. Mais tarde, eu descobri que estes ingressos podem ser comprados antecipadamente, através do site official da Torre, http://www.tour-eiffel.fr/en/preparing-your-visit/buying-your-tickets.html. Basta selecionar o tipo de ingresso (elevador para o 2o. andar, que dá acesso ao 1o. e 2o. andares ou o elevador para o acesso do 3o. andar),  a data e o horário da visita (os horários disponíveis são mostrados em verde). Prontinho! Após o pagamento basta imprimir o seu ingresso ou transferi-lo para o celular.
 
Não é preciso dizer que a vista do alto da Torre é maravilhosa!!! E, se você estiver bem acompanhado não pode deixar de tomar uma taça de champagne no bar que fica no ultimo andar da Torre. Além disso, como em todos os lugares de Paris, existe a lojinha de souvenir.  

Como o Palácio dos Inválidos fica praticamente ao lado da Torre, partimos para lá.
Construído no século XVII para albergar os mutilados dos exércitos de Luís XIV, o Hotel dos Inválidos, em Paris, alberga atualmente um dos melhores museus de arte e história militar do mundo. A Igreja dos Inválidos, visível de longe de qualquer ponto de Paris graças à sua cúpula revestida a folha de ouro, alberga o túmulo de Napoleão.
Atualmente, apesar de ainda albergar um hospital, o Hotel dos Inválidos é conhecido sobretudo pelo túmulo do imperador e pelo seu museu do Exército, que contém ricas coleções históricas.
O lugar é lindo, como tudo em Paris, especialmente a cúpula da Catedral onde está localizado o túmulo da Napoleão Bonaparte, toda folheada em ouro. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*