Capa >> Destinos >> América do Sul >> Nosso planejamento e roteiro de sete dias por Ushuaia e El Calafate

Nosso planejamento e roteiro de sete dias por Ushuaia e El Calafate

Quem conhece a nossa família, sabe que não costumamos viajar sem muito planejamento. Tanto que a nossa viagem para a Patagônia estava marcada para Fevereiro deste ano (Carnaval), mas como deixamos para comprar as passagens aéreas na última hora, acabamos ficando na mão. Cientes de que as passagens para Ushuaia e El Calafate são bem concorridas, abrimos mão do nosso pseudo espírito aventureiro e planejamos esta viagem com bastante cuidado e um pouco (não muita) de antecedência.

Obviamente, começamos pelas passagens aéreas. Como eu sou louca para conhecer uma destas companhias aéreas árabes, resolvemos comprar as passagens desmembradas. Em termos financeiros, não foi uma atitude inteligente. Mas, como eu disse, as chances de eu viajar nestas companhias caríssimas para Dubai são mínimas! Então, aproveitamos as promoções e compramos passagens para Buenos Aires pela Qatar Airways. Assim, gastando bem pouco, vou matar a minha vontade.

Todos os vôos da Qatar com destino a Buenos Aires partem do aeroporto de Guarulhos, em um único horário, as 17:55 horas, e chegam em Ezeiza as 20:50 horas. Este é o único inconveniente de voar Qatar, já que a maior parte dos vôos domésticos da Argentina partem de outro aeroporto, o Aeroparque, localizado no centro de Buenos Aires. Ou seja, teremos que gastar um pouquinho mais no traslado. Já os vôos de volta partem de Buenos Aires as 22:55 horas, chegando em Guarulhos durante a madrugada. Não é um bom horário para quem viaja com as crianças.

Como chegaremos em Buenos Aires à noite, e nosso voo para Ushuaia está marcado para o dia seguinte, às 08:20 horas, passaremos uma noite em Buenos Aires. Encontramos vários bons hotéis localizados perto do Aeroparque, mas como queríamos jantar em Puerto Madero, decidimos nos hospedar uma noite no Hilton Buenos Aires. O valor das diárias é excelente! Reservamos um quarto para quatro pessoas, com café da manhã incluído, por apenas US$ 130,00.

Já as passagens para Ushuaia e El Calafate, compramos através do site da Aerolíneas Argentinas. Depois de pesquisar um pouquinho, descobrimos que o valor estava bem mais baixo do que se comprássemos através da Decolar, Expedia, entre outros. Para quem não sabe, existe um voo excelente de Buenos Aires para Ushuaia, com escala em El Calafate. Para pesquisar as datas e disponibilidade, basta clicar em “destinos múltiplos” e iniciar a sua busca.

Como teremos apenas uma semana de férias, tivemos que pensar bastante na hora de montar o nosso roteiro. Isso porque muita gente nos disse que a cidade de El Calafate era infinitamente mais bonita do que Ushuaia. Mas, como ainda viajaríamos durante a estação de neve, as crianças aproveitariam muito os passeios e atrações de Ushuaia. Por isso, decidimos ficar quatro dias em Ushuaia e três dias em El Calafate.

Embora tenhamos sido ligeiros para comprar as passagens aéreas, não fomos tão espertos para fazer a reserva dos hotéis. Na verdade, eu imaginava que nesta época do ano a cidade estivesse vazia e que fosse fácil conseguir os dois quartos que precisamos a qualquer hora (infelizmente, na Argentina, é bem complicado encontrar quartos quádruplos. E, como estamos viajando com as crianças, fomos obrigados a reservar dois quartos em cada hotel). Então, como sempre, deixei esta tarefa para a última hora. Por sorte, consegui reservar um dos hotéis que eu queria, o Alto Calafate Hotel. Embora eu não tenha recebido nenhuma indicação deste hotel, a localização me pareceu perfeita. Adorei a idéia de ficar um pouco mais afastada do centro da cidade.

Hoteís em El Calafate - Alto Calafate

Hoteís em El Calafate - Alto Calafate

Quanto ao hotel de Ushuaia, gostaríamos de ter ficado no Hotel Las Hayas. Fizemos uma cotação através do Booking e os preços estavam excelentes! Mas, como eu estava com pressa, acabei deixando para fazer a reserva no dia seguinte e quando eu voltei ao site não havia mais disponibilidade. Tentei até ligar para o hotel, chorei, implorei, mas não consegui os quartos. Então, escolhemos um hotel chamado Los Yamanas. O hotel é simples, mas nos pareceu bem bacana, afastado do centro da cidade, como nós gostamos.

Los-Yamanas-photos-Exterior-Hotel-information

Por enquanto, é tudo o que temos de planejamento. Ainda não escolhemos os passeios. Pesquisamos algumas opções através de uma empresa de turismo brasileira especializada na Patagônia. Só que os preços praticados por ela eram absolutamente proibitivos. Para se ter uma idéia, seis dias de atrações para quatro pessoas custaria aproximadamente US$ 4.000,00. Por isso, já saibamos mais ou menos o que vamos fazer por lá, pretendemos escolher e pagar pelos passeios na hora. E, no próximo post, contaremos um pouco mais sobre estas atrações.

2 comentários

  1. Oi Cintia, tava adorando seu post, mas vc ainda não concluiu? O que gostaria de saber é como foi por lá em El Calafate e Ushuaia, já que foram com crianças. Tenho dois filhos, um de 8 anos e outra de 3 anos e pretendemos fazer essa viagem ano que vem, em julho. Já conhecemos Buenos Aires, mas estamos querendo voltar e juntar com esses dois lugares magníficos, segundo minhas pesquisas na net. Acho que vamos ao Chile tb, se Deus quiser, pois nossa intensão é ver neve e muiiiiito gelo.
    Te agradeço se me responderes o quanto antes, pois já lí em alguns posts de que essa viagem não é adequada pra crianças menores de 5 anos. Será???

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*